baldwin software brasil


21/01/2011


DjVu: ótimo substituto ao formato não livre de PDF, mas...

djview4 - visualizador de DjVuNa lista do projeto LibreOffice, a gente estava discutindo uma alternativa ao PDF (portable document format) de Adobe, para encaminhar documentos e preservar a formatação, pois, alguem mencionou o DjVu, o que eu nunca tinha visto.

Pois, eu pesquisei um pouquinho, fez um "apt-cache search djvu", e acabei instalando o djvulibre. Brinquei um pouco com ele, criei algum documentos com ele, e, fiquei pensando que, sim, seria um ótimo substituto ao pdf.

So que tem um desvantagem muito evidente: a falha de ferramentas para produzir esses arquivos e/ou converter arquivos existentes sem ter que usar um arquivo proprietário!  Por exemplo, não se pode escrever um documento DjVu em nenhum editor de textos, nem converter arquivos LaTeX, .ODF, ou outros formatos livres, sem ter que converter-os, primeiramente, ao PDF.

Qualquer navegador livre, todos os editors de textos e documentos (abiword, openoffice, libreoffice, etc.) podem imprimir ou exportar um arquivo pdf, desde um arquivo .doc, .html, .odt, de .txt, e mais.  Ate o Scribus, chamado o programa de publicação de Linux, pode criar .pdf, mas nenhum desse programas pode criar .djvu.  Eu atei incluí a possibilidade de criar arquivos PDF no meu editor, TclText, de um arquivo .txt o com .tex (LaTeX), pois, na epoca eu não sabía nada desse DjVu. O EMACS, o editor livre dos maestros do mundo de software livre, mesmo, pode cirar um arquivo pdf, mas, não tem como criar um djvu. Mas, tudo isso eu acho uma lastima enorme.

Eu sinceramente acredito que a gente deve dispor de um formato livre, que preserve a formatação, tipo PDF.

Pois, eu criei um script para converter um arquivo .txt ao .djvu, ainda que, infelizmente, tem que passar por pdf no caminho.  O script foi criado um sistema Debian/Lenny, com ferramentas disponíveis nos repos de Debian, incluso enscript, pstopdf, e pdf2djvu (incluído no djvulibre).

O script seque:

#!/bin/bash

if [[ $(echo $*) ]]; then
text="$*"
else
echo "try again, and include a file name, and ONLY 1 file name at a time. Thank you." && exit
fi

echo converting $text to $text.ps

enscript $text -q -B -p $text.ps

echo converting $text.ps to $text.pdf

ps2pdf $text.ps

echo converting $text.pdf to $text.djvu

pdf2djvu $text.pdf -o $text.djvu

echo renaming ...

rename.ul .txt.djvu .djvu $text.djvu

echo cleaning up ...

rm $text.ps $text.pdf

echo done

exit

Pois, se você tiver arquivos escritos em português, e bem provável que terá que converter o encoding do seu texto antes alguns componentes desse script funcionar corretamente.  Eu tive que converter meus textos de utf8 ao ascii para conseguir converter o texto ao djvu.  Essa conversão pode ser feito assim:

iconv iconv -f utf8 --to-code=ascii//TRANSLIT yourfile > newfile

Aqui tem um arquivo .djvu desse artigo em inglês (meu idioma nativo).

Se tiver o plugin de djvulibre, pode olhar o arquivo em Firefox, o com o visualizador de djvu Djview4 o com o Evince.

Cabe notar que o DjVu foi criado originalmente como um formato paa tratar com livros, documentos e imagens escaneados, mas, ja é óbvio que serve bem como um veículo pela preservação de formatação e portabilidade de documentos.  Pois, alguém que sabe MUITO melhor do que eu de hacking e esse formato de DjVu devería construir-nos um editor de DjVu, eu acho. O pelo menos, algum software que pode converter ou LaTeX ou ODT (ou ambos) ao DjVu sem ter que passar por pdf.  Então, a gente terá uma alternativa viável do formato ubíquo  de pdf, sem ter que usar o mesmo pdf, um formato não-livre, como veículo ou ponte na criação de documentos.

Escrito por tonybaldwin às 13h29
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



Perfil

Meu perfil
Estados Unidos, Connecticut, New Haven, Annex, Homem, de 36 a 45 anos, English, Portuguese, Informática e Internet, Arte e cultura

Histórico


baldwinlinguas.com | traduções: es, fr, in, pt
baldwinlinguas.com | traduções: es, fr, in, pt